Páginas

sábado, 21 de maio de 2011

Como se fosse uma resposta ao meu anônimo.

Nos últimos dias,o post mais recente veio fazendo escândalos perante a um anônimo, que insiste em não se manifestar como forma de subestimar-me ou não,já que conheço o individuo pela sua forma de escrita.
Todos os comentários contrários ao post "PROFESSORES NOTA 10" podem parecer inteligentes,mas só parecem.
Neste país todos ganham mal,funcionários públicos,professores,pedagogos,as vezes os médicos "e até os presidentes".Rsrssr...
Entretanto,o mal pagamento ao profissional não deve ser utilizado como meio e desculpa para destratar as pessoas para quem trabalham.Se um médico em uma consulta lhe trata de forma ignorante,você meu caro anônimo, irá tomar todas as medidas cabíveis contra a atitude desequilibrada do profissional?Sim ou não?
É claro que sim!
Da mesma forma, como um professor com atitudes desequilibrada tenta desnortear a cabeça de uma criança.Seja, por não está realizado profissionalmente ou por não ganhar um salário justo à sua formação e suas despesas mensais.Estes atos são considerados, profissionalmente, anti-éticos,(É ISSO QUE QUER DIZER O TEXTO).
A escolha de uma licenciatura ou algo semelhante não foi imposta,ele não se tornou professor de maneira forçada,muito pelo contrário, antes disso já tinha ouvido muitos profissionais da área queixar-se em relação ao salário submetido à categoria.Não é verdade?Afinal os professores são, por muitas vezes, criticados ,por leigos e analfabetos políticos,por reivindicarem melhoria das condições de trabalho e salário justo.
Desta forma, peço-lhe minhas humildes desculpas,de forma irônica,por ter tocado em sua ferida e não ter escrito um artigo compreensível para sua demasiada cabeça. Imploro-lhe que releia o post e tente entender,por mais que seja difícil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário