Páginas

segunda-feira, 5 de março de 2012

O Morro dos Ventos Uivantes

67                     


De Emily Brontë.
Cena da primeira obra fílmica

Lançado em 1847, um clássico da literatura inglesa, O Monte dos Vendavais ou ainda Colina dos Vendavais  foi o único romance da escritora.


A obra conta a história da paixão entre Heathcliff e Catherine na fazenda chamada Morro dos Ventos Uivantes. Amigos de infância, eles são separados pelo destino, mas a união do casal é mais forte do que qualquer tormenta - um amor proibido que deixará rastros de ira e vingança.


Quase toda a história é contada pela governanta, e antes criada, a Ellen Dean que narra a história de duas famílias  ao locatário  da propriedade Granja Thrushcross . A família Earnshaw e a família Linton cruza-se  em um  momento da história e assim construindo o enredo para o desenrolar da trama.

O livro começa com a chegada do Sr Lockwood as proximidades do Morro para locar a Granja como moradia durante doze meses. Ele dirigi-se ao proprietário,o Sr Heathcliff, para tratar dos negocios. Ele mora no Morro com o criado Josep, um velho; Hareton,um jovem orfão;Cath,viúva do Linton Heathcliff que é filho do senhor Heathcliff.






Cath é filha de Cathereine, irmã de Heathcliff e por quem ele tinha grande amor, com o Edgar Linton o tio do falecido marido de Cath. Linton Heathcliff é filho da irmã  de Edgar, a Isabella Linton que casou com Heathcliff contra a vontade de Edgar.

Hareton, filho do irmão de Catherine: Hindley Earnshaw, quando crescido não usufruiu de algum bem da sua família que foram passados ao Heathcliff,sendo este  o irmão de Catherine e Hindley.

Heathcliff

Mas durante o desenrolar da história o Heathcliff mostrou-se  um verdadeiro vilão,mas mesmo assim ele é o personagem central da história que atormentou duas gerações de duas famílias que tiveram seus destinos traçados tornando-se, apenas, uma e tendo felicidade só depois da morte do protagonista.

14 comentários:

  1. Novo post...

    http://atalaia2011.blogspot.com/2012/03/cesar-o-que-e-de-cesar.html

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. E ae !
    ^^ Valew pelo contato...
    vamos nos falando...
    parabens pelas postagens to sempre de olho :).
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Sempre ouvi falar deste livro e principalmente do filme que minha avó sempre me contava. E este filme marcou ela, pois nunca esquecera dele. É um clássico e tenho quase certeza de que tenho um exemplar dele no meio desta multidão de livros que tenho aqui.

    Obrigado pela visita ao blog.

    Grande abraço
    Fernando dos Santos
    FERNU OPINA - BLOG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, é um clássico...Um livro belíssimo.

      Excluir
  4. Olá... muito bem feito seu blog. Parabéns! Segui!! Se quizer dar uma passada pelo meu e me seguir tbm, ficarei feliz em tê-lo entre meus amigos...

    Abraço
    NGB
    www.ngbpersonalizacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Já ouvi falar sobre o livro algumas vezes e deve ser ótimo!!! Gostei do post!!!

    http://alinediedrich.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é perfeito, sem precedentes. Você, ao fim, fica anestesiado pela história linda que foi contada.

      Excluir
  6. Sabe que eu nunca tive curiosidade de ler esse livro? Não sei por que, mas as vezes parece que eu não passaria das primeiras cinco páginas. Gosto de histórias intrigantes e de suspense tipo as do Sir Connan Doyle ou mesmo ás da queria e brilhante escritora Ágatha Christie, que hoje em dia não consigo ler outras literaturas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiz um abstrct do livro, mas ele tem muito mais mistérios da trama e que a autora cria em nossas mentes para parecer coisas de nossas mentes ou não. No inicio pensei que ele tinha um verticalidade homossexual, já no seculo 18, pela forma que ela descreve os pensamentos de um personagem em relação a um outro, mas depois é verificado que essa inclinação não é dada na trama por esse outro personagem e apenas por um. Uma relação não acontece e nem é insinuada em acontecer,mas, mesmo assim, fica em nossa mente a dúvida de sexualidade desse personagem, sem, de forma alguma ela citar palavras diretas,mas dizendo sem dizer.

      Excluir
  7. Já li o livro e tbm vi o filme, muito bom.
    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade é um abstrct...nem chega aos pés de uma resenha.

      Excluir