Páginas

sexta-feira, 6 de abril de 2012

A Vereadora da Brasília.

70          

 Uma mulher,
 uma funcionária pública que trabalhava como qualquer outra, mas tinha algo diferente: seu carisma. Sandrinha estava sendo olhada por partidários políticos para candidata-la,não para elege-la mas para arrecadar votos para o partido.
No inicio não aceitou a ideia e mais, achou ridícula. Porém o tempo é o senhor do destino e cuidou para que este pensamento fosse mudando dentro da cabeça daquela mulher e totalmente empolgada aceitou ser candidata.
O partido tentava mostra-lá como uma figura carismática e revolucionária, ela tinha intenção de propor ideias e fundamentalismos e o eleitor via, nessa confusão, uma heroína política que dia sobre dia ganhava carisma e satisfação popular, cogitando que ela seria a Vereadora da Brasilia e tudo estava caminhando para que isto acontecesse.
No dia da votação,os eleitores da Vereadora da Brasilia,tinha como vitória certa e uma questão de tempo para que os votos  fossem computados e confirmassem as expectativas. Porém,o resultado foi outro. Ela teve muitos votos,mas não conseguiu a tingir a margem e tornar-se uma das vereadoras mais votadas,mas tinha um mandato de  quatro anos para cuidar.


quarta-feira, 4 de abril de 2012

A pomba suja do Viveiros

 69              


Duas pessoas, aos beijos, em secreto. Quem teve o privilégio de descobrir aquele  segrego foi a POMBA SUJA DO VIVEIROS e  a pobre menina, agora em diante, estava em suas mãos. Ela mandou que os dois voltassem para a cerimonia e informou que se quisessem fazer algo escondido que planejassem melhor. 
A pomba não foi convidada ao casamento, pois é amiga da amante do noivo e armara de  tudo para estragar aquela cerimonia:no momento épico, em que o padre perguntar se há algo que  impeça a união, o escândalo esta pronto para acontecer e eis chegada a hora.
A pomba gritou:
-Não,está cerimonia não pode continuar!
Todos ficaram perplexos ao escandaloso grito da mulher e o padre, então, perguntou:
-O que há que impeça está união?
Ela respondeu:
-Ele tem uma amante!
A noiva gritou:
Ele tinha,não tem mais e ela que não queira ver meu homem novamente,nem coberto de brilhante.É melhor ir socorrer a sua amiga,antes que ela morra de tanto gritar.